quarta-feira, 13 de janeiro de 2010

A mulher ruiva

A mulher ruiva é complexa. Se ela não nasceu com o cabelo vermelho, ela pinta. Pinta para mostrar fora o que tem dentro dela: um vulcão em erupção. Pronto para explodir. Pronto para dizer que dentro desse corpo bate forte um coração. A mulher ruiva tem dentro de si um pouco do mundo. Tem angustia, decepções, sonhos, amores, dores.

A mulher ruiva é determinada. Luta pelo que quer, independentemente do que vier. Sendo desse jeito, é óbvio que assusta os homens. Só sendo muito macho para agüentar a mulher ruiva. Para agüentar uma mulher de peito. Que preenche seu tempo livre com arte, literatura, exposições, cinema, música. Todas essas coisas que só reforçam seu estilo de ser, e que só mantém o fogo aceso.

A mulher ruiva acredita em príncipes encantados. Embora saiba que vive na realidade, e ele não pulará dos livros. Sabe que sua vida amorosa não é um conto de fadas. Pode ou não saber que, em partes, é sua culpa. Ela não deixou ninguém interferir em sua vida. Não abriu mão de nada por ninguém. O amor só sobrevive à base de concessões. E isso ela esqueceu de aprender.

Enquanto a morena é para casar, tantas decepções amorosas fazem parte do currículo da mulher ruiva que ela não sabe se o casamento foi feito para ela. Enquanto a loira faz as cabeças dos homens, a mulher ruiva faz questão de não ser somente um casinho passageiro na vida desses canalhas. A mulher ruiva só está sozinha por ser exigente demais. Está sozinha porque descobriu em si sua melhor companhia.

A mulher ruiva é como um palito de fósforo. Se você quiser, ele pode criar fogo. Se você quiser, ela pode queimar tudo. No fundo, ela é só uma menininha frágil que tenta se proteger de tudo. Tão frágil e com tanto medo de se quebrar que ela se tornou ruiva. A mulher ruiva não é só a cor de seu cabelo, é um estado de espírito. Ela é você. Ela sou eu. Existem várias espalhadas por aí.

8 comentários:

  1. Woooow, eu li o texto e vi-me ao espelho, mesmo antes de ter pintado o cabelo de ruivo eu era assim.
    Era uma ruiva com cabelo castanho.
    Muito obrigada mesmo pelo texto (:

    Beijinho*

    ResponderExcluir
  2. Maravilhoso!
    Eu sou extamente assim, parece que vc me conhece.
    Obrigada, bj.

    ResponderExcluir
  3. Olá! Meu nome é Laísa Diniz! Adorei seu texto falando sobre mulheres ruivas, a propósito sou ruiva natural, e em meio a todas as páginas na internet, de caras vulgares que fazem da mulher ruiva uma " coisinha bonitinha e excêntrica" , você consegue sentimentalmente traduzir um pouco ( concordemos que a mulher ruiva é sempre um mistério) sua dor. As ruivas caro escritor, são mulheres que sempre precisam se cuidar sozinhas, sabemos que somos um turbilhão de ideias apesar disso somos muito amorosas, carinhosas , é que as vezes enquanto todos ao nosso redor desmoronam, nós ruivas temos que ser firmes e duronas para levantar aquelas pessoas que amamos, ou seja, por amar é que somos tão imprevisíveis! Adorei o texto e gostaria que você me permitisse escrever em um blog muito legal que fala justamente de pessoas ruivas e suas individualidades, você gostaria muito de conhecer este blog, chama-se ruivosmania@blogspot.com. Fique com Deus, e me responda se você aprova!

    ResponderExcluir
  4. Valeu William, favoritei o seu blog pra daqui a alguns dias postar o seu texto. Muito legal mesmo.
    Obrigado e assim que eu postar eu lhe aviso.
    Abraço.

    ResponderExcluir
  5. William, só para lhe avisar que postei o seu texto.
    Muito obrigado e parabéns, muito bom o texto.
    Abraços

    ResponderExcluir
  6. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  7. Olá Willian,
    Parabéns o texto fico incrível!
    Acredito que toda Ruiva que o lê se apaixona!
    Como voltei a pintar a cabeleira de vermelho, gostaria muito de publicar seu texto no meu blog
    Claro se você me permitir!
    Aguardo sua autorização!

    Bju.

    ResponderExcluir
  8. Só fica uma pergunta em minha mente... Qual a ruiva que te inspirou?
    Você deve ter amado ela muito pra perceber tantos detalhes...
    Ser ruiva é mais que pintar o cabelo, é um estado de espírito... E isso você soube traduzir muito bem. Parabéns, você soube descrever milhares de mulheres de forma magnifica.

    ResponderExcluir